Direitos Humanos
 Desejos Humanos
 Educação EDH
 Cibercidadania
 Memória Histórica
 Arte e Cultura
 Central de Denúncias
 Banco de Dados
 MNDH Brasil
 ONGs Direitos Humanos
 ABC Militantes DH
 Rede Mercosul
 Rede Brasil DH
 Redes Estaduais
 Rede Estadual RN
 Mundo Comissões
 Brasil Nunca Mais
 Brasil Comissões
 Estados Comissões
 Comitês Verdade BR
 Comitê Verdade RN
 Rede Lusófona
 Rede Cabo Verde
 Rede Guiné-Bissau
 Rede Moçambique
Emmanuel Bezerra dos Santos
Militantes políticos assassinado pela Ditadura Militar

IMAGENS... E A IMAGEM DE EMMANUEL

Anchieta Fernandes P. (*)

Fui amigo de Emmanuel Bezerra dos Santos. Fui companheiro em inesquecíveis bate-caixas sobre temas literários. Nunca esqueci de um fato que demonstrou a sua modéstia: ao ser lançado um concurso de critica literária sobre a obra de João Cabral de Melo Neto, pelo jornal "Correio do Povo", nos idos de 1963, Emmanuel me perguntou se eu ia participar do concurso, e eu ao responder afirmativamente ele então disse que não iria mais participar.

Mas Emmanuel Bezerra dos Santos que eu acho importante recordar não è o jovem literato, autor de alguns poemas bonitos, e sim o Emmanuel que foi Presidente da Casa do Estudante do Rio Grande do Norte no ano de 1967, Aquele foi um ano de dificuldades para a casa. No livro "História da Casa do Estudante do Rio Grande do Norte", Aluisio Azevedo registra que desde o inicio de 1967 a referida entidade estava passando por sérias dificuldades financeiras, com enormes débitos agravados com o corte da subvenção federal.

Aluisio diz textualmente: "Talvez o mais triste de todos os registros encontrados nas atas das sessões da Casa do Estudante, durante este período de seus 36 anos de existência, tenha sido o da reunião de 04 de abril de 1967, onde se lê: "na despensa da instituição só havia o depósito de 02 sacos de feijão. Nem sal de cozinha havia. O débito era muito grande e na Tesouraria havia um saldo de apenas quatro cruzeiros (Cr$ 4,00).

Pois bem. Emmanuel Bezerra teve uma administração excelente, passando por cima das dificuldades, reduzindo despesas e apelando por ajuda ao Governo do Estado, à Prefeitura de Natal, à SUDENE e prefeituras do interior.

Era o Emmanuel dinâmico, o Emmanuel que já demonstrara sua capacidade, agindo na direção do jornalzinho "Boletim Mensal", do Grêmio Lítero - Cultural Câmara Cascudo, da Casa do Estudante do Rio Grande do Norte, onde o próprio Emmanuel escrevia artigos sobre o papel da burguesia nacional no momento histórico que então vivíamos, e onde se revelaram os futuros jornalistas da cidade, como João Batista Machado (escrevendo sobre o problema do sal na economia do RN). Na época, o grêmio literário da Casa do Estudante estimulava bastante as atividades culturais, promovendo concursos de prosa e poesia, palestras dos intelectuais da cidade no recinto da casa, exposições de artes plásticas dos residentes.

Depois, o Emmanuel tornou-se ativista político, ingressando nos "aparelhos" que atuaram em quase todo o país. Perdi contato com ele. Eis que de repente, em certo dia dos idos de 1973, a reportagem sensacionalista do "Diário de Natal" noticiava que fora assassinado em São Paulo, em troca de tiros com a polícia, o "terrorista" Emmanuel Bezerra dos Santos. Ilustrando a matéria, a foto mostrando o rosto sereno de Emmanuel, com aquele olhar inteligente e aquele bigodinho misto de nordestino e mexicano, aquela enorme testa, os cabelos alisados para trás, romântico, a boca sensual meia aberta em um quase sorriso.

* Jornalista e escritor.

Desde 1995 © www.dhnet.org.br Copyleft - Telefones: 055 84 3211.5428 e 9977.8702 WhatsApp
Skype:direitoshumanos Email: enviardados@gmail.com Facebook: DHnetDh
Google
Notícias de Direitos Humanos
Loja DHnet
DHnet 18 anos - 1995-2013
Linha do Tempo
Sistemas Internacionais de Direitos Humanos
Sistema Nacional de Direitos Humanos
Sistemas Estaduais de Direitos Humanos
Sistemas Municipais de Direitos Humanos
História dos Direitos Humanos no Brasil - Projeto DHnet
MNDH
Militantes Brasileiros de Direitos Humanos
Projeto Brasil Nunca Mais
Direito a Memória e a Verdade
Banco de Dados  Base de Dados Direitos Humanos
Tecido Cultural Ponto de Cultura Rio Grande do Norte
1935 Multimídia Memória Histórica Potiguar