Direitos Humanos
 Desejos Humanos
 Educação EDH
 Cibercidadania
 Memória Histórica
 Arte e Cultura
 Central de Denúncias
 Banco de Dados
 MNDH Brasil
 ONGs Direitos Humanos
 ABC Militantes DH
 Rede Mercosul
 Rede Brasil DH
 Redes Estaduais
 Rede Estadual RN
 Mundo Comissões
 Brasil Nunca Mais
 Brasil Comissões
 Estados Comissões
 Comitês Verdade BR
 Comitê Verdade RN
 Rede Lusófona
 Rede Cabo Verde
 Rede Guiné-Bissau
 Rede Moçambique

 

MARGARIDA BULHÕES PEDREIRA GENEVOIS

Margarida é formada em Biblioteconomia, pela Universidade Nacional, RJ, formada em Enfermagem de Guerra, pelo Curso da Universidade Nacional, RJ, formada em Curso Superior de Literatura, Arte, História Contemporânea, Sorbonne, Paris, e em Ciências Sociais, pela Escola de Sociologia e Política, São Paulo.

Foi Assessora Técnica do Presidente da Fundação Estadual do Bem Estar Social do Menor – FEBEM, São Paulo. Trabalhou na criação e direção do Posto de Puericultura, creche, clube da mães, Jornal Correio Feminino, do Serviço Social da Fazenda São Francisco da Cia. Rhodia Brasileira, em Campinas, de 1944 à 1968.

A Fazenda São Francisco era uma comunidade de 2.500 pessoas. Desenvolvi um trabalho com mulheres de operários e colonos da fazenda. O Posto de Puericultura serviu como orientação das mães para cuidados com os filhos, consultas médicas, atendimento ambulatorial, distribuição de remédios e alimentos às crianças carentes. Foi instalada uma creche anexa ao Posto de Puericultura para tratamento e recuperação de crianças carentes subnutridas e fracas.

Genevois organizou e dirigiu o Centro de Formação Cultural e Promoção Social, em 1985. No Centro foram ministrados cursos sobre assuntos da atualidade para conscientização da mulher, levando-as a uma maior participação em todos os campos sociais.

É membro da Comissão Justiça e Paz de São Paulo, a convite do Cardeal Dom Paulo Evaristo Arns. Foi secretária da Comissão Justiça e Paz de São Paulo, de 1974 à 1982. Vice-presidente da Comissão Justiça e Paz de São Paulo, 1982. Presidente da Comissão Justiça e Paz de São Paulo, 1983, reeleita em 1984. Fez parte do I Conselho Nacional dos Direitos da Mulher de 1984 à 1988. Foi membro da Comissão Teotônio Vilela (presos e encarcerados), desde sua fundação em 1985. Presidente da Comissão Justiça e Paz de São Paulo, 1990, reeleita em 1991 e 1992. Foi do Conselho Nacional dos Direitos da Mulher, 1995. Conselho da Cátedra de Educação em Direitos Humanos, Tolerância e Paz – IEA – UNESCO/USP, 1996. Membro da Comissão de Direitos Humanos da USP, 1998. Fez parte da Rede Brasileira de Educação em Direitos Humanos, 1996. Organizou e Coordenou o I Congresso Brasileiro de Educação em Direitos Humanos, 1997, e o I Encontro de Educadores em Direitos Humanos, 1997.

    Margarida participou de vários congressos.

Desde 1995 © www.dhnet.org.br Copyleft - Telefones: 055 84 3211.5428 e 9977.8702 WhatsApp
Skype:direitoshumanos Email: enviardados@gmail.com Facebook: DHnetDh
Google
Notícias de Direitos Humanos
Loja DHnet
DHnet 18 anos - 1995-2013
Linha do Tempo
Sistemas Internacionais de Direitos Humanos
Sistema Nacional de Direitos Humanos
Sistemas Estaduais de Direitos Humanos
Sistemas Municipais de Direitos Humanos
História dos Direitos Humanos no Brasil - Projeto DHnet
MNDH
Militantes Brasileiros de Direitos Humanos
Projeto Brasil Nunca Mais
Direito a Memória e a Verdade
Banco de Dados  Base de Dados Direitos Humanos
Tecido Cultural Ponto de Cultura Rio Grande do Norte
1935 Multimídia Memória Histórica Potiguar