Direitos Humanos
 Desejos Humanos
 Educação EDH
 Cibercidadania
 Memória Histórica
 Arte e Cultura
 Central de Denúncias
 Banco de Dados
 MNDH Brasil
 ONGs Direitos Humanos
 ABC Militantes DH
 Rede Mercosul
 Rede Brasil DH
 Redes Estaduais
 Rede Estadual RN
 Mundo Comissões
 Brasil Nunca Mais
 Brasil Comissões
 Estados Comissões
 Comitês Verdade BR
 Comitê Verdade RN
 Rede Lusófona
 Rede Cabo Verde
 Rede Guiné-Bissau
 Rede Moçambique

Maio de 68: 
A Imaginação ao Poder

Slogans


Músicas Revolucionárias 


Posters Revolucionários

Francês
(original)

Português
(tradução)

Le rêve est realité.

O sonho é realidade.

Les réserves imposées au plaisir excite le plaisir de vivre sans réserve.

As reservas impostas ao prazer excitam o prazer de viver sem reservas.

Soyons cruels!

Sejamos cruéis!

J'ai quelque chose àdire mais je ne sais pas quoi.

Tenho algo a dizer, mas não sei o quê.

Tout pouvoir abuse. Le pouvoir absolu abuse absolutement.

Todo o poder abusa. O poder absoluto abusa absolutamente.

L'agresseur n'est pas celui qui se revolte mais celui qui affirme.

O agressor não é aquele que se revolta, mas o que afirma.

Être libre em 1968 c'est participer.

Ser livre em 1968 é participar.

Un homme n'est pas stupide ou intelligent: il est libre ou il n'est pas.

Um homem não é estúpido ou inteligente: ele é livre ou não é.

Nous sommes des rats (peut-être) et nous mordons.
Les enragés.

Nós somos ratos (talvez) e mordemos.
Os enraivecidos.

Ne me libère pas, je m'en charge.

Não me libertem, eu encarrego-me disso.

La poésie est dans la rue.

A poesia está na rua.

Faites l'amour et recommencez.

Façam amor e recomecem.

Jouissez sans entraves.
Vivez sans temps morts.
Baisez sans carottes.

Gozem sem entraves.
Vivam sem tempos mortos.
Fodam sem cenouras.

L'action ne dois pas être une réaction mais une création.

A acção não deve ser uma reacção, mas uma criação.

Cours camarade, le vieux monde est derrière toi.

Corre camarada, o velho mundo está atrás de ti.

Sous les pavés, la plage.

Sob a calçada, a praia.
(referência à areia posta a descoberto depois de levantados os paralelos para fazer barricadas.)

La volonté générale contre la volonté du Général.

A vontade geral contra a vontade do General.

La Révolution doit cesser d'être pour exister.

A Revolução tem de deixar de ser para existir.

Déboutonnez votre cerveau aussi souvent que votre braguette.

Abram o vosso cérebro tantas vezes como a braguilha.

Et si on brulait la Sorbonne?

E se queimássemos a Sorbonne?

Interdit d'interdire.

Proíbido proibir.

Quand l'assemblée nationale devient un théâtre bourgeois tous les théâtres bourgeois doivent devenir des assemblées nationales.

Quando a assembleia nacional se transforma num teatro burguês, todos os teatros burgueses devem transformar-se em assembleias nacionais.

Soyons réalistes, demandons l'impossible.

Sejamos realistas, exijamos o impossível.

L'alcohol tue. Prenez du LSD.

O álcool mata. Tomem LSD.

La liberté est le crime que contient tous les crimes. C'est notre arme absolue!

A liberdade é o crime que contém todos os crimes. É a nossa arma absoluta!

Baisez vous les uns les autres sinon ils vous baiseront.

Fodam-se uns aos outros senão eles foder-vos-ão.

Ouvrons les portes des asiles, des prisons, et autres facultés.

Abramos as portas dos asilos, das prisões, e outras Faculdades.

La barricade ferme la rue mais ouvre la voie.

A barricada fecha a rua mas abre o caminho.

Travailleur: tu as 25 ans mais ton syndicat est de l'autre siècle. Pour changer cela, viens nous voir.

Trabalhador: tu tens 25 anos, mas o teu sindicato é do outro século. Para mudar isso, vem ver-nos.

On ne revendiquera rien.
On ne demandera rien.
On prendra. On occupera.

Não reivindicaremos nada.
Não pediremos nada.
Conquistaremos. Ocuparemos.

Prenez vod désirs pour la realité.

Tomem os vossos desejos pela realidade.

Ce n'est pas l'homme, c'est le monde qui est devenu anormal.

Não é o homem, mas sim o mundo que se tornou anormal.

Enragez-vous!

Enfureçam-se!

L'art est mort. Ne consommez pas son cadavre!

A arte morreu. Não consumam o seu cadáver!

Plus je fais l'amour, plus j'ai envie de faire la Révolution. Plus je fais la Révolution, plus j'envie de faire l'amour.

Quanto mais faço amor, mais vontade tenho de fazer a Revolução. Quanto mais faço a Revolução, mais vontade tenho de fazer amor.

Je jouis dans les pavés.

Venho-me na calçada.

Violez votre Alma Mater.

Violem a vossa Alma Mater.

L'Humanité ne sera heureuse que quand le dernier capitaliste sera pendu avec les tripes du dernier gauchiste.

A Humanidade só será feliz quando o último capitalista for enforcado com as tripas do último esquerdista.

La societé est une fleur carnivore.

A sociedade é uma flor carnívora.

Quand j'entends le mot “culture” je sors mes CRS.

Quando ouço o termo “cultura” saco os meus CRS.

Le pouvoir avait les Universités;
Les étudiants les ont prises.
Le pouvoir avait les usines;
Les travailleurs les ont prises.
Le pouvoir avait l'ORTF;
Les journalistes lui ont pris.
Le Pouvoir a le Pouvoir;
Prenez-le-lui.

O Poder tinha as Universidades;
Os estudantes tomaram-nas.
O Poder tinha as fábricas;
Os trabalhadores tomaram-nas.
O Poder tinha a ORTF;
Os jornalistas tomaram-na.
O Poder tem o Poder;
Tomemo-lo.

Ce n'est pas une révolution, Sire; c'est une mutation.

Não é uma revolução, Senhor; é uma mutação.

La vie est ailleurs.

A vida está alhures.

N'allez pas en Grèce cet été, rester à la Sorbonne.

Não vão à Grécia este Verão, fiquem na Sorbonne.

Ne consommons pas Marx.

Não consumamos Marx.

L'imagination au pouvoir.

A imaginação ao poder.

Desde 1995 © www.dhnet.org.br Copyleft - Telefones: 055 84 3211.5428 e 9977.8702 WhatsApp
Skype:direitoshumanos Email: enviardados@gmail.com Facebook: DHnetDh
Google
Notícias de Direitos Humanos
Loja DHnet
DHnet 18 anos - 1995-2013
Linha do Tempo
Sistemas Internacionais de Direitos Humanos
Sistema Nacional de Direitos Humanos
Sistemas Estaduais de Direitos Humanos
Sistemas Municipais de Direitos Humanos
História dos Direitos Humanos no Brasil - Projeto DHnet
MNDH
Militantes Brasileiros de Direitos Humanos
Projeto Brasil Nunca Mais
Direito a Memória e a Verdade
Banco de Dados  Base de Dados Direitos Humanos
Tecido Cultural Ponto de Cultura Rio Grande do Norte
1935 Multimídia Memória Histórica Potiguar