Direitos Humanos
 Desejos Humanos
 Educação EDH
 Cibercidadania
 Memória Histórica
 Arte e Cultura
 Central de Denúncias
 Banco de Dados
 MNDH Brasil
 ONGs Direitos Humanos
 ABC Militantes DH
 Rede Mercosul
 Rede Brasil DH
 Redes Estaduais
 Rede Estadual RN
 Mundo Comissões
 Brasil Nunca Mais
 Brasil Comissões
 Estados Comissões
 Comitês Verdade BR
 Comitê Verdade RN
 Rede Lusófona
 Rede Cabo Verde
 Rede Guiné-Bissau
 Rede Moçambique

Comitê Estadual pela Verdade, Memória e Justiça RN
Centro de Direitos Humanos e Memória Popular CDHMP
Rua Vigário Bartolomeu, 635 Salas 606 e 607 Centro
CEP 59.025-904 Natal RN
84 3211.5428
enviardados@gmail.com

Envie-nos dados e informações:
DHnet Email Facebook Twitter Skype: direitoshumanos

 

Comissões da Verdade Brasil | Comissões da Verdade Mundo
Comitê de Verdade Estados | Comitê da Verdade RN

Página Inicial | Anatália de Souza Alves de Melo | Djalma Maranhão | Édson Neves Quaresma | Emmanuel Bezerra dos Santos | Gerardo Magela Fernandes Torres da Costa | Hiran de Lima Pereira | José Silton Pinheiro | Lígia Maria Salgado Nóbrega | Luís Ignácio Maranhão Filho | Luís Pinheiro | Virgílio Gomes da Silva | Zoé Lucas de Brito

EDSON NEVES QUARESMA

Edson Neves Quaresma
Livro "Dos Filhos deste solos"

DADOS PESSOAIS

Nasceu no dia 11 de dezembro de l939 em Itaú no municipio de Apodi, Rio Grande do Norte, filho de Raimundo Agostinho Quaresma e Josefa Miranda Neves.

ATIVIDADES

Estudou até a 5a. série do curso primário em Natal/RN. No ano de 1958 transfere-se para Recife/PE, onde ingressa na Escola de Aprendizes de Marinheiros, da qual sai como grumete em 1959. Logo em seguida, é deslocado para o Rio de Janeiro, tendo servido no cruzador Tamandaré. Com a constituição da Associação de Marinheiros do Brasil, Edson passa a integrar seus quadros, atuando na tesouraria daquela entidade de defesa dos interesses sócio-econômicos dos marujos brasileiros. O golpe militar reprime radicalmente o movimentos dos praças da Marinha, resultando na prisão e confinamento de Edson na Ilha das Cobras, por um período de um ano e dois meses. Em 31 de dezembro de 1964 é expulso da Armada. A partir de 1965 mergulha na clandestinidade, tendo viajado para Cuba, onde fez treinamento militar, regressando ao Brasil em julho de 1970, já como militante da Vanguarda Popular Revolucionária (VPR).

CIRCUNSTÂNCIAS DA PRISÃO E MORTE

No dia 05 de dezembro de 1970, Edson passava junto com Yoshitame Fugimore pela Praça Santa Rita de Cássia, em São Paulo, quando foram reconhecidos por uma patrulha do DOI-CODI do II Exército que começou a persegui-los..A equipe da repressão metralhou o automóvel que os conduziam, ferindo ambos. Edson, mesmo ferido, tentou correr; sendo alcançado pelos policiais que o assassinaram cruelmente. Um dos agentes segurou-lhe um dos braços e outro policial, segurou o outro braço, pisando violentamente na sua garganta, matando-o. A necrópsia foi feita pelo legista da ditadura militar Harry Shibata. Seu corpo foi sepultado como indigente no cemitério de Vila Formosa, na quadra 15 e túmulo 66, com o nome falso de Célio Silva Alves. Documento do CENIMAR, entretanto, afirma que Célio foi identificado por exame datiloscópio como Edson Neves Quaresma.

SITUAÇÂO ATUAL

Em 1995, o Coordenador do Centro de Direitos Humanos e Memória Popular-CDHMP, Roberto Monte, visitou o Cemitério de Vila Formosa em São Paulo, no qual foi mostrado a presumível tumba em que estaria enterrado Edson Neves Quaresma. A partir daí inicia-se a mobilização de seus familiares na busca da correta localização dos restos mortais de Edson. Mais recentemente, após a sanção pelo Presidente da República da Lei no. 9140\95, a família de Edson Neves Quaresma encaminhou à Comissão Especial que trata do assunto, pedido de reconhecimento da responsabilidade da União pela morte do seu parente querido.

Voltar ao Menu

Desde 1995 © www.dhnet.org.br Copyleft - Telefones: 055 84 3211.5428 e 9977.8702 WhatsApp
Skype:direitoshumanos Email: enviardados@gmail.com Facebook: DHnetDh
Google
Notícias de Direitos Humanos
Loja DHnet
DHnet 18 anos - 1995-2013
Linha do Tempo
Sistemas Internacionais de Direitos Humanos
Sistema Nacional de Direitos Humanos
Sistemas Estaduais de Direitos Humanos
Sistemas Municipais de Direitos Humanos
História dos Direitos Humanos no Brasil - Projeto DHnet
MNDH
Militantes Brasileiros de Direitos Humanos
Projeto Brasil Nunca Mais
Direito a Memória e a Verdade
Banco de Dados  Base de Dados Direitos Humanos
Tecido Cultural Ponto de Cultura Rio Grande do Norte
1935 Multimídia Memória Histórica Potiguar